O USO DO XADREZ COMO FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DE CRIANÇAS

  • Leo Pasqualini De Andrade Faculdade de Medicina USP - FMUSP - Instituto de Psiquiatria - IPQ
Palavras-chave: desenvolvimento cognitivo, reabilitação, cognição,

Resumo

O desenvolvimento das funções cognitivas é um processo natural na vida do indivíduo e depende de fatores biológicos e ambientais. Desafios envolvendo estratégias mais avançadas de resolução de problemas podem estimular o processo de desenvolvimento e de reabilitação, porém pouco se sabe sobre o real papel do jogo de xadrez na estimulação cognitiva em crianças. Objetivo: revisar trabalhos que utilizaram o jogo de xadrez em treinamentos de crianças para investigar os benefícios cognitivos e o impacto na vida real desta prática. Métodos: os artigos científicos originais foram obtidos nas bases da Pubmed, da Science Direct e em pesquisas no International Journal of Special Education, publicados nos últimos 10 anos. Resultados: foram selecionados sete artigos de pesquisas originais, que sugerem benefícios da prática do xadrez na escola, cujos resultados positivos nas avaliações cognitivas, impactando nas funções de raciocínio matemático, atenção, planejamento, resolução de problemas, melhorou o desempenho das crianças na escola. Conclusões: o uso do jogo de xadrez pode ser uma ferramenta que estimula o desenvolvimento cognitivo de crianças, mas ainda faltam dados de avaliações neuropsicológicas mais amplas, um número maior de indivíduos avaliados e por prazos mais longos. Estudos futuros devem ser conduzidos para verificar até que ponto as habilidades aprendidas no xadrez são transferidas para a vida diária.

Biografia do Autor

Leo Pasqualini De Andrade, Faculdade de Medicina USP - FMUSP - Instituto de Psiquiatria - IPQ
Psicopedagogo, especialização em neuropsicologia, reabilitação neuropsicológica. Pesquisador do Instituto de Psiquiatria USP
Publicado
25-09-2017
Seção
ARTIGOS DE ALUNOS/ARTICLES OF STUDENTS